Manifestantes protestam na Câmara de Tucuruí e pede cassação de prefeito afastado

52

Manifestantes protestaram na manhã desta terça-feira (14) em frente à Câmara de Vereadores de Tucuruí. Eles querem a cassação do prefeito afastado Arthur Brito, que foi afastado do cargo pela Justiça na segunda-feira (13) por suspeita de improbidade administrativa.

O protesto ocorreu durante a posse do presidente da Câmara de Vereadores, Benedito Couto, como prefeito de Tucuruí interinamente. O prédio recebeu reforço da Polícia Militar para garantir a segurança do local.

Uma comissão de manifestantes foi recebida pelo novo prefeito e o novo presidente da Câmara e ficou definido que o requerimento da cassação do prefeito afastado Arthur Brito vai ser apreciado na próxima sessão, na terça-feira (21).

Crime

Além da suspeita de improbidade administrativa, a gestão de Artur de Jesus Brito também é marcada por outro escândalo.

Sua mãe, Josineide Silva Brito, foi presa suspeita de mandar matar o então prefeito Jones William, em julho deste ano. Segundo as investigações, a mãe do atual prefeito de Tucuruí planejou o crime motivado por questões financeiras. Três pessoas foram presas durante a operação que investiga a morte do prefeito anterior.

Segundo a policia, dois suspeitos acusaram Josineide de mandar matar William. Em deles foi Paulo Ricardo Oliveira. Ele teria confessado participação no crime. A polícia diz que os depoimentos reforçam as provas técnicas colhidas no inquérito.

Deixe seu comentário